ePrivacy and GPDR Cookie Consent by Cookie Consent · Dra. Camile Stumpf · Mastologista · Cirurgia Estética ·


CirurgiaEstética

A cirurgia plástica mamária é a cirurgia estética mais realizada no mundo.

Dependendo do objetivo, a plástica mamária pode ser indicada para aumentar ou diminuir as mamas, reduzir a pele em excesso, corrigir assimetrias e defeitos de formação, e para reparar ou reconstruir mamas no mesmo momento da cirurgia oncológica ou de forma tardia.

~ ~ ~ ~ # ~ ~ ~ ~

Cirurgia Estética Mamoplastia de Aumento

Cirurgia realizada para aumentar o volume mamário ou simetrizar mamas de tamanhos diferentes (pequenas ou grandes diferenças).

Podemos utilizar para essa cirurgia implantes de silicone ou enxerto de gordura, ou ambas as técnicas (Mamas Híbridas).

Qual a idade certa para operar?

Podem ser realizadas a partir do final do crescimento e desenvolvimento das mamas. Isto ocorre por volta dos 17 ou 18 anos. Mulheres que já amamentaram, recomenda-se aguardar pelo menos 6 meses após o fim da amamentação para agendar a cirurgia.

Onde pode ser realizada a incisão?

Se a opção for pelo implante de silicone podemos inseri-lo submuscular ou subglandular pelas diferentes vias: sulco inframamário (incisão horizontal), cicatriz areolar (forma semicircular) ou na axila.

Se utilizarmos o enxerto de gordura utilizamos essas mesmas incisões para fazer o enxerto (leia mais sobre a técnica no item Lipoenxertia).

A mamoplastia de aumento altera a função mamária?

Não. O aumento das mamas preserva a principal função da glândula mamária que é a lactação.

Após o procedimento pode haver uma diminuição da sensibilidade na aréola, que, aos poucos, retorna ao normal. Apenas em raros casos a sensibilidade não retorna.

Qual a anestesia usada na cirurgia de mamoplastia de aumento?

Anestesia geral.

Quanto tempo dura a cirurgia?

Em média 1 a 2 horas.

Vídeos
  • Breast Augmentation Highlight Reel ASSISTIR
  • How breast enlargement surgery is carried out ASSISTIR

Cirurgia Estética Mamoplastia Redutora

A mamoplastia redutora é a mais indicada para quem busca realizar a diminuição do volume mamário. As cicatrizes podem ser em formato de “T” invertido, em forma de “raquete, em “L” ou peri-parareolar (cicatriz circular ao redor da aréola).

A decisão da melhor cicatriz depende do tamanho e grau de flacidez de cada mama. A escolha é individualizada.

O resultado final da mamoplastia redutora depende das características iniciais da mama (tipo de pele, presença de estrias, constituição gordurosa ou glandular do tecido mamário…) e ele poderá ser observado somente ao redor do 8° mês de pós-operatório. Nesse período as mamas atingem seu aspecto definitivo (cicatriz, forma, consistência, volume, sensibilidade). Espera-se sempre uma acomodação da mama (o que chamamos de báscula), sendo que o grau de elasticidade da pele das mamas tem grande importância no resultado final.

Toda paciente que se submete a mamoplastia redutora, em maior ou menor grau, precisa estar ciente que podem ocorrer intercorrências como hematomas, seromas, infecção, necrose de pele e de aréola e deiscência de pontos.

Qual a anestesia usada na cirurgia de mamoplastia redutora?

Anestesia geral.

Quanto tempo dura a cirurgia?

Depende do tipo e tamanho de cada mama. Em média 2 a 3 horas.

Vídeos

Cirurgia Estética Mastopexia

A mastopexia é a técnica cirúrgica que tem o objetivo de remodelar e levantar as mamas pendulares, que sofreram o caimento natural das mamas. A mastopexia pode ser realizada por meio de diferentes tipos de incisões, assim como a mamoplastia redutora.

As cicatrizes podem ser em formato de "T" invertido, em forma de "raquete", em "L" ou peri-parareolar (cicatriz circular ao redor da aréola). A indicação é individualizada e irá variar de acordo com a paciente e o nível de ptose mamária, ou seja, de queda dos seios.

Toda paciente que se submete a mastopexia precisa estar ciente que podem ocorrer intercorrências como hematomas, seromas, infecção, necrose de pele e de aréola e deiscência de pontos, aumentando o risco quanto maior a área for incisada.

Qual a anestesia usada na cirurgia de mastopexia?

Anestesia geral.

Quanto tempo dura a cirurgia?

Depende do tipo e tamanho de cada mama. Em média 2 a 3 horas.

Vídeo

Cirurgia Estética Enxerto de Gordura (Lipoenxertia ou Lipofilling)

A Lipoenxertia é a técnica que usa a gordura do próprio corpo para preencher, definir ou dar volume a certas partes do corpo, como seios, bumbum, em redor dos olhos, lábios, queixo ou coxas, por exemplo.

Para realizar esta técnica é necessário retirar gordura de outras regiões do corpo onde ela se encontra em excesso, como barriga, costas ou coxas por exemplo.

Para isso é realizada uma lipoaspiração sob baixa pressão, após centrifugamos esse material lipoaspirado e enxertamos o tecido adiposo rico em pré-adipócitos e livre de óleo e sangue. Usamos a Técnica de Colleman para esse procedimento.

Cirurgia Estética Explante

É a cirurgia que consiste em retirar a prótese mamária com a sua cápsula orgânica e não substituir por outra. A cirurgia de explante pode se associar a uma cirurgia de mastopexia (retirada do excesso de pele e flacidez) ou a lipoenxertia, aumentando o volume mamário.

Em alguns casos a paciente fica com um dreno em cada mama. Como é uma segunda ou terceira cirurgia nessas mamas, temos um maior risco, se tivermos que incisar nos mesmos locais de sofrimento e necrose de aréola e mamilo.

Esse procedimento é indicado como tratamento para pacientes com linfoma anaplásico de grandes células - Breast implant-associated anaplastic large cell lymphoma (BIA-ALCL).

É um tipo muito raro de linfoma não-Hodgkin que está associado aos implantes de silicone.

Qual a anestesia usada na cirurgia de explante + mastopexia e/ou lipoenxertia?

Anestesia geral.

Quanto tempo dura a cirurgia?

Depende do tamanho de cada mama e se associamos a mastopexia/lipoenxertia ou não.

Em média 2 a 3 horas.

Vídeo
  • Explante de silicone - em bloco ASSISTIR

Cirurgia Estética Mamas Híbridas

É uma associação das técnicas de mamoplastia de aumento e enxerto de gordura para oferecer para as pacientes um resultado mais natural e harmônico, promovendo maior satisfação estética às mulheres.

Embora muitas pessoas acreditem se tratar de um procedimento novo, essa técnica já é conhecida há algum tempo, pois era utilizada para corrigir alguma assimetria ou retração.

De maneira geral, a mamoplastia híbrida é recomendada para as mulheres que desejam aumentar o volume dos seios e corrigir assimetrias mamárias, mas buscam alternativas mais naturais para alcançar tal objetivo ou para pacientes que já possuem prótese de mama, mas desejam aumentar o volume mamário sem precisar trocar a prótese.

Qual a anestesia usada na cirurgia de mamas híbridas?

Anestesia geral.

Quanto tempo dura a cirurgia?

Em média 2 horas.

SEM MEDOA Cirurgia é uma Aliada da sua Saúde

No caso de câncer de mama não protele seu tratamento, pois sabemos que quanto mais cedo iniciarmos o tratamento, mais chance temos de cura. E a cirurgia é parte fundamental no processo para vencer o câncer de mama.

Se você deseja fazer uma cirurgia estética nas mamas, procure um mastologista que alia a plástica mamária à saúde das mamas, proporcionando uma cirurgia com segurança, cuidado com a prevenção da saúde de suas mamas e estruturas complementares. A saúde das suas mamas em primeiro lugar.

  • Saúde das Mamas

    O câncer de mama é o câncer mais incidente entre as mulheres no mundo. Segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), o câncer de mama é o mais comum entre as mulheres brasileiras, depois do câncer de pele não melanoma.
    A estimativa de novos casos em 2021 é de 66.280 - 30% de todos os cânceres em mulheres - sendo o número de mortes próximo de 18.295. Acomete homens também, porém é raro, representando menos de 1% do total de casos da doença.

    SAIBA MAIS

  • Cirurgia Oncológica

    É o procedimento cirúrgico realizado com o intuito de retirar o tumor, obedecendo todos os princípios oncológicos para o tratamento adequado, como retirada total do tumor com margens de segurança, avaliação e tratamento dos linfonodos doentes e em alguns casos, avaliação de outros órgãos. Esse procedimento pode ter finalidade curativa, principalmente quando há detecção precoce do câncer, ou finalidade paliativa, quando a intenção é melhorar a qualidade de vida da paciente.

    SAIBA MAIS

  • Cirurgia Estética

    A cirurgia plástica mamária é a cirurgia estética mais realizada no mundo. Dependendo do objetivo, a plástica mamária pode ser indicada para aumentar ou diminuir as mamas, reduzir a pele em excesso, corrigir assimetrias e defeitos de formação, e para reparar ou reconstruir mamas no mesmo momento da cirurgia oncológica ou de forma tardia.

    SAIBA MAIS

QUER MAIS INFORMAÇÕES?Agende uma Consulta